Quarta-feira, 1 de Novembro de 2006
(16) A CRISE

O puto parece preocupado, agressivo ou chateado ? Não

Para o futuro garantir, apenas presta atenção ao jornal que tem na mão.

Na escola já pouco aprende, basta ler ou soletrar e até cem saber contar

No desenho é a estrelinha e depois é acertar.

Lá em casa ? É mais do mesmo.

A mãe, o pai, o irmão e pensaram, vejam bem, dar ao gato essa instrução (qu’ele até vai arranhando !).

Grandes descobridores, antigos donos dos mares e de meio mundo também, ficou daí a mania que o trabalho é fantasia e coisa que não convém.

E assim a navegar, dou por certo irmos ao fundo. 

Mas já sendo campeões, pois com a França lideramos o gasto no euromilhões, não interessa mais a crise, se há dinheiro para comer, nem tão pouco para vestir, o que interessa, podem crer:

É apostar, apostar, 

                   alguém há-de pagar 

                                      e o que der é para curtir

 

 



publicado por preconceitos às 16:28
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Maricel a 2 de Novembro de 2006 às 06:39
Não sou tão pessimista. Talvez uns vão mesmo ao fundo, mas sempre haverá quem consiga equilibrar a balança.

O Povo Português, além de Poeta, é um Povo Sonhador (essa a razão de tanto apostar, tem sempre a Esperança...).

A "CRISE"´, é nos períodos de grandes crimes que a Imaginação mais se desenvolve, há que Improvisar, Renovar, Inventar, tem que se seguir em FRENTE..
<BR


De solcar a 2 de Novembro de 2006 às 11:30
O sonho é indispensável à vida.
Há que concretizar, ao menos alguns.
Isso dá trabalho a que muitos dizem: chega para lá.


De Maricel a 2 de Novembro de 2006 às 23:57
Correcção comentário anterior - onde se lê crimes, deve ler-se crises.


Claro concordo, se não se realizar um sonho de quando em quando, perdecce a Esperança.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

MUDANÇA

(26) a DEUS

(25) O ADEUS

(24) A FLOR E O SOL

SEM REGRESSO

(22) OCASO

(21) ILUSÕES

(20) ORAÇÕES

(19) O CHILREIO

(18) PARA SEMPRE

(17) CUIDADO, NÃO APONTE.

(16) A CRISE

(15) (CON) VENCIDO PELO C...

(14) O MISTÉRIO

(13) O DESABAFO

(12) NO REINO DA MENTE

(11) A CULPA

(10) OS CUSCAS

(9) MEMÓRIA

(8) BLÁ-BLÁ

(7) AS SANDÁLIAS

(6) A MAÇÃ

(5) O LOBO MAU

(4) FAZER AMOR

(3) CONTRADIÇÕES

(2) O BRINCO

(1) CONFISSÃO

arquivos

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Junho 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds